.
.

Academia divulga pré-listas do Oscar e documentário brasileiro Babenco fica fora da disputa

Ainda há esperanças para Bacurau em outras categorias

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que organiza o Oscar, divulgou algumas listas de pré-indicados em certas categorias da premiação. Entre elas estavam as duas que o filme brasileiro Babenco disputava, e ele ficou fora de ambas.


Babenco, documentário dirigido por Barbara Paz sobre a vida e carreira do seu marido, o cineasta Hector Babenco, disputava vaga em Melhor Documentário e Melhor Filme Internacional. O Chippu entrevistou a diretora em janeiro para falar sobre filmar os últimos dias de vida dele, a sensação de disputar uma vaga no Oscar e mais.


Ainda na disputa está Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornellas. Ele não está elegível para Melhor Filme Internacional pois foi lançado no Brasil em 2019, mas disputa todas as outras categorias. Veja abaixo as pré-listas:


MELHOR FILME INTERNACIONAL
Quo Vadis, Aida? (Bósnia e Herzegovina)
The Mole Agent (Chile)
Charlatan (República Tcheca)
Druk - Mais Uma Rodada (Dinamarca)
Two of Us (França)
La Llorona (Guatemala)
Better Days (Hong Kong)
Sun Children (Irã)
Night of the Kings (Costa do Marfim)
I’m No Longer Here (México)
Hope (Noruega)
Collective (Romênia)
Dear Comrades! (Rússia)
A Sun (Taiwan)
The Man Who Sold His Skin (Tunísia)


MELHOR DOCUMENTÁRIO

All In: The Fight for Democracy
Boys State
Collective
Crip Camp
Dick Johnson Is Dead
Gunda
MLK/FBI
The Mole Agent
My Octopus Teacher
Notturno
The Painter and the Thief
76 Days
Time
The Truffle Hunters
Welcome to Chechnya