.
Chippu - A dica do momento

Disponível nas lojas


.
.
.

Nomadland confirma favoritismo para o Oscar com vitória no Globo de Ouro

Filme de Chloé Zhao se destaca acima da concorrência na temporada de premiações

O vencedor da categoria Melhor Filme de Drama no Globo de Ouro deste ano, considerado o prêmio mais badalado do evento, foi Nomadland, da diretora Chloé Zhao. Não é a primeira vitória do longa nesta temporada de premiações e, pelo andar da carruagem, não será a última.


Nomadland conta a história de nômades modernos nos Estados Unidos, lidando com a necessidade de viver em constante movimento por conta de sua situação econômica, pessoal ou familiar. O filme conta com apenas dois atores profissionais - Frances McDormand e David Strathairn - e montou a maior parte do seu elenco com pessoas reais, ou melhor, nômades reais.


O longa da Searchlight Pictures - antiga Fox Searchlight - tem vencido os principais prêmios do ano. Antes do Globo de Ouro, ele foi eleito o filme do ano pelo Gotham Awards, pelos críticos de Los Angeles e pelos de Toronto. Zhao, por sua vez, foi eleita Melhor Diretora pelos críticos de Nova York. A produção vem como franca favorita para o Spirit Awards.


Para quem acompanha as premiações, a vitória do longa no Globo não foi uma surpresa, mas sim mais uma evidência de um padrão que está se formando. Havia um sentimento que Os 7 de Chicago, da Netflix, poderia roubar um pouco do momento de Nomadland, mas evidentemente isso não aconteceu. A essa altura, podemos considerar o Oscar apenas uma questão de tempo?


O Globo de Ouro não necessariamente reflete o vencedor de Melhor Filme no Oscar. Nos últimos dez anos, apenas três vencedores de Melhor Drama (Moonlight, Argo e 12 Anos de Escravidão), mas considerando o domínio geral que Nomadland tem conquistado, é difícil imaginar outro concorrente tomando a estatueta. Nenhum dos outros filmes cotados - Mank, Os 7 de Chicago, A Voz Suprema do Blues - tem se mostrado capaz de roubar a narrativa dos nômades. Se algum outro indicado ganhou mais tração depois de ontem, foi Borat: Fita de Cinema Seguinte (Melhor Filme de Comédia/Musical e Melhor Ator de Comédia), mas ainda sim a distância para o líder é grande.


Saberemos mais se Nomadland for o vencedor dos prêmios do Producer's Guild of America e Director's Guild of America. O Globo de Ouro é eleito pela Hollywood Foreign Press Association, uma organização com menos de 90 membros, enquanto a Academia tem mais de seis mil. Muitos deles, entretanto, fazem parte dos sindicatos mencionados acima, então eles servem mais como termômetro.


Talvez a esperança de algo como Os 7 de Chicago esteja nos atores. A maior parte dos votantes da Academia estão no campo da atuação, e o filme de Aaron Sorkin tem grandes chances de levar o Screen Actor's Guild Awards.


Por conta da natureza imprevisível da Academia - quem diria que Parasita seria o vencedor?! - ainda é cedo para dizer que Nomadland e Chloé Zhao "já ganharam" os prêmios. Mas a cada evento dessa temporada, a probabilidade parece apenas aumentar. Não podemos cravar ainda, mas se este não for o combo de Melhor Filme e Melhor Direção da Academia este ano, é porque algo surpreendente aconteceu.