.
Chippu - A dica do momento

Disponível nas lojas


.
.
.

Liga da Justiça de Zack Snyder: O que a crítica está falando do filme

Opiniões sobre o longa variam dos maiores elogios às críticas mais duras

Nesta segunda-feira (15), os veículos que tiveram acesso a Liga Justiça de Zack Snyder, o Snyder Cut, publicaram seus reviews do longa de quatro horas do diretor. As opiniões variam dos maiores elogios às críticas mais duras do projeto. Uma coisa é certa: ele será divisivo.


Em termos de análises nada favoráveis temos o Hollywood Reporter, afirmando que o Snyder Cut - assim como o longa que saiu nos cinemas em 2017 - pode ser chamado de "filme sobre super-heróis mais desnecessariamente solene, como uma tarefa de cada e sem alegria."


Caminhando semelhante está a Entertainment Weekly, afirmando que a nova versão é tão ruim quanto a original, mas com o dobro do tempo. Aqui no Brasil, o Omelete também não foi muito fã, chamando o novo Liga da Justiça de um exercício no tédio.


No meio do caminho estão sites como o Screencrush Uproxx, ambos descrevendo a versão do diretor como algo superior ao filme original, mas sem cair de amores pelo corte.


Há, também, quem ame. O RogerEbert.com descreveu o Snyder Cut como o tipo de filme de herói autoral que faria Martin Scorsese curtir o gênero, que ele famosamente comparou como um parque de diversão. Semelhantemente, a Variety elogiou a grandiosidade das quatro horas de Liga da Justiça como algo que supera a saga Vingadores.


O Snyder Cut estreia em 18 de março e terá aproximadamente quatro horas de duração, adiciona novas cenas, efeitos especiais e personagens como o Coringa de Jared Leto ao filme da Liga da Justiça, além de seguir mais fielmente a visão do diretor. Ben Affleck volta como Batman, Gal Gadot como Mulher-Maravilha, Henry Cavill como Superman, Ezra Miller é o Flash, Jason Momoa vive o Aquaman e Ray Fisher interpreta o Ciborgue. Saiba tudo sobre o Snyder Cut, incluindo onde e quando ele estará disponível no Brasil, aqui.