.
Chippu - A dica do momento

Disponível nas lojas


.
.
.

Falcão e o Soldado Invernal - 5 Grandes Revelações do Último Episódio

Saiba o que "Um Mundo, Um Povo" significa para o futuro do MCU

Este post contém spoilers de Falcão e o Soldado Invernal


"Um Mundo, Um Povo", o último episódio de Falcão e o Soldado Invernal, foi lançado nesta sexta-feira (23) no Disney+, e como esperado ele traz grandes novidades para o futuro do Universo Cinematográfico da Marvel, incluindo o estabelecimento de Sam Wilson (Anthony Mackie) como o novo Capitão América.


Aqui, listaremos 5 grandes revelações deste finale.


1. Sam Wilson é o Capitão América- Não há como começar por outro lugar. Desde o fim de Vingadores: Ultimato, estava claro que o Falcão seguraria o escudo e vestiria as cores da bandeira americana, mas foi necessário uma longa jornada para o herói tomar essa decisão (como descrevemos em nossa crítica do final). Agora, o MCU precisa lidar com o fato de que o símbolo dos Estados Unidos está na pele de um homem negro, o tipo de pessoa que foi explorada e discriminada desde a fundação do país. Como essa tema será mais explorado? Quais serão as mudanças que Wilson trará? Vamos aguardar.


2. Capitão América e o Soldado Invernal
- Quando os créditos do último episódio começam, descobrimos que não foi só Sam que mudou de nome, mas a própria série, agora chamada Capitão América e o Soldado Invernal. Os atores já falaram mais de uma vez que não houve conversas sobre uma segunda temporada, mas talvez seja porque a próxima "temporada" na verdade é outra série, com um novo título.


3. Agente Americano - John Walker (Wyatt Russell) não é mais o Capitão América, e não veste mais a cor azul. Em uma cena com Condessa Valentina Allegra de Fontaine (Julia Louis-Dreyfus), o antagonista assume seu uniforme clássico e escuro dos quadrinhos e mostra que ainda vive num mundo de ilusões, celebrando sua "volta', agora sob o nome de Agente Americano. Certamente o veremos como oposição para os heróis novamente.


4. Sharon Carter é a Mercadora do Poder
- Adicione na lista de "reviravoltas menos chocantes" a descoberta que Sharon Carter é a Mercadora do Poder misteriosa, algo que já estava claro há pelo menos dois episódios. Ela ajudou Sam e Bucky para receber o perdão do governo americano e levar seus negócios de Madripoor até os EUA, onde planeja vender armas e segredos de estado. Não sabemos ainda quando ela aparecerá de novo, mas sua nova posição como vilã deve ser interessante.


5. Condessa planeja algo
- Em sua única cena neste episódio, Val (não a chame assim!) não só continua seu recrutamento de John Walker como Agente Americano, como mostra saber que Zemo (Daniel Brühl) foi o responsável pela explosão que matou os últimos Super Soldados dos Apátridas. Será que ela facilitou isso? Qual sua conexão com o Barão? Se a Condessa realmente será uma Madame Hydra, uma Nick Fury do mal, então ela já está movendo as peças. Zemo e Walker formam uma dupla perigosa com cérebros e músculos.