.
Chippu - A dica do momento

Disponível nas lojas


.
.
.

Executivo da Warner Bros. diz Liga da Justiça de Joss Whedon foi "estúpida"

Estúdio não ficou satisfeito com a versão finalizada do longa

Quando Zack Snyder foi separado da produção de Liga da Justiça, a Warner Bros. trouxe Joss Whedon (Vingadores, Vingadores: Era de Ultron) para tentar salvar o filme. Entretanto, nem todos no estúdio ficaram satisfeitos com a conclusão.


"Quando vimos o que o Joss realmente fez, era estúpido," disse um executivo da WB, que pediu anonimato, à Vanity Fair em matéria sobre os bastidores do Snyder Cut. "O ladrão no telhado - tão besta e ruim. A família russa - tão inútil e sem sentido. Todo mundo sabia. Era estranho porque ninguém queria admitir que pedaço de merd* o filme era."


Na matéria, é explicado que o estúdio já queria Snyder fora da produção e uma das razões era porque ele não queria fazer o que a Warner havia ordenado - um filme de até 2 horas que apresentasse todos os heróis e a possibilidade do Darkseid. Whedon acabou entregando o isso, mas Liga da Justiça ainda recebeu duras críticas e não alcançou a bilheteria esperada pelos executivos. Zack Snyder terminou nunca vendo a versão de Joss e agora dirigiu um novo corte do longa.


O Snyder Cut terá aproximadamente quatro horas de duração, adiciona novas cenas, efeitos especiais e personagens como o Coringa de Jared Leto ao filme da Liga da Justiça, além de seguir mais fielmente a visão do diretor. Ben Affleck volta como Batman, Gal Gadot como Mulher-Maravilha, Henry Cavill como Superman, Ezra Miller é o Flash, Jason Momoa vive o Aquaman e Ray Fisher interpreta o Ciborgue. Ele chega no dia 18 de março no Brasil em formato on-demand.