.
Chippu - A dica do momento

Disponível nas lojas


.
.
.

David Ayer diz que sua versão de O Esquadrão Suicida é um filme incrível e que sofreu um golpe

Segundo diretor, "tentaram transformar a sua versão em um filme do Deadpool."

Após a CEO da Warner Media, Ann Sarnoff, declarar que o Esquadrão Suicida de David Ayer não vai receber um corte, como ocorreu com o Snyder Cut de Liga da Justiça, o diretor voltou a falar sobre seu desejo do lançamento para a sua versão do filme.

Em entrevista à Entertainment Weekly, Ayer alegou ter sofrido um golpe. “Eu entendo, são os negócios. É frustrante porque eu fiz um drama realmente sincero, mas ele foi quebrado em pedaços e tentaram transformá-lo em um filme do Deadpool, o que não era para ter acontecido. E então, você toma esse golpe, quando você é o capitão do navio, meu nome estava nele. Mesmo que não representasse o que eu realmente fiz, eu levaria todas as balas e seria um bom soldado. Eu fiz um filme incrível. É um filme incrível que assustou muito os executivos.”

David Ayer defendeu a campanha #ReleaseTheAyerCut e afirmou que há espaço para diferentes versões. “Acho que os estúdios entendem agora que pode existir o cânone e o não-cânone, os fãs só querem vê-los. Eles amam os personagens, só querem passar mais tempo com eles. Há espaço para coisas diferentes, versões diferentes, propriedades diferentes sendo compartilhados com o público. Acho que ajuda a fortalecer a comunidade.”

O certo é que O Esquadrão Suicida será dirigido e escrito por James Gunn. O filme, que recebeu dois novos trailers, traz de volta Margot Robbie como Arlequina, Viola Davis como Amanda Waller, Jai Courtney como Capitão Boomerang e Joel Kinnaman como Rick Flagg. Idris Elba, John Cena, Pete Davidson, Michael Rooker, Peter Capaldi, Sylvester Stallone, Alice Braga, Nathan Fillion e Taika Waititi estão entre as novidades do elenco. A estreia está marcada para 6 de agosto nos cinemas e HBO Max.